A família de Marília Mendonça recebeu uma notícia não muito agradável: a cantora foi condenada, mesmo que de forma póstuma, a pagar R$ 360 mil reais para o empresário Pedro Barbosa dos Santos. As informações são do site Movimento Country, do IG.

A decisão veio cinco anos depois de Pedro entrar na Justiça alegando “inutilidade das letras musicais” de canções que Marília vendeu para a dupla Mauro e Felipe.

Acesse nosso Instagram

Blogueiro há mais de 15 anos, apaixonado por música sertaneja, antenado no mundo dos artistas do sertanejo, CEO e fundador do site Sertanejo Universitário, conhecido no meio por BlogSU ou Tiago BlogSU.

Participe da conversa

2 Comentários

  1. Isso é um vagabundo oportunista, até da morte da cantora esses encosto se aproveitam, pra promover os pariceiro, que não tem sucesso nenhum e querem puxar dinheiro a todo custo . Miseráveis, não tem respeito algum pela família e muito menos pela memória da cantora que morreu de forma trágica.

  2. Rapaz eu observo as leis desse país os advogados carniceiros q pra ganhar fortunas vendem a alma ao diabo. Nós levamos anos na justiça contra empresas e ainda perdemos mesmo depois de ganhar e esses caras q vendem a alma ganham milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.